Migração e Desenvolvimento: Segregação e violência criminalizada

Maria Cristina Dadalto, Márcia Barros Ferreira Rodrigues

Resumo


O Espírito Santo, estado situado na região Sudeste no Brasil, passou por uma dinâmica de modernização e urbanização acelerada nos últimos 50 anos. Os reflexos socioeconômicos desse processo apresentam formas variadas de impactos. A proposta deste artigo é apresentar e discutir os efeitos desse processo e as dinâmicas relacionadas aos movimentos migratórios e a violência criminalizada. Especificamente tomamos como escopo empírico de pesquisa a Região Metropolitana da Grande Vitória (RMGV). A centralidade da RMGV justifica-se por ser resultado da contínua absorção de migrantes vindos de várias regiões do próprio estado, do país e do exterior. Nosso objetivo maior é analisar o contexto sociocultural, histórico e econômico de transformação e desenvolvimento da RMGV e explicitar as razões do fenômeno migratório e das sobredeterminações presentes no processo de desenvolvimento em curso tais como segregação, exclusão urbana, homicídio e sujeição criminal.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.15175/issn.1984-2503/20157250

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2015 Passagens_teste



Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

Apoio:

 
 
Indexadores:
 
 
 
Facebook: