Comentários do leitor

Procuradoria Do Trabalho Diga Que ‘Terceirização Irrestrita' Na Administração Pública Amplia Risco De Depravação

por Jamika Nankervis (2019-08-13)


Ag%C3%AAncia-O-Globo-Marcelo-R%C3%A9gua.Até a sanção de Temer, não havia uma lei em vigor sobre terceirização. Para lidar com essa falta de legislação, TST (Tribunal Superior do Trabalho), após julgar vários casos, tinha definido uma súmula, que é um posicionamento do tribunal sobre a questão. Essa súmula servia como orientação, mas os demais juízes não eram obrigados a segui-la.

Analise se prestador a ser contratado possui qualificação técnica e poderá conformar com qualidade os serviços contratados. Críticos apontam que ao direcionar a taxa ao associação da atividade terceirizada e não da empresa contratante, trabalhador terceirizado será preso a sindicatos com menor representatividade e com menor poder de negociação.

Feel free to visit my web blog; Porteiros terceirizados em Curitiba mercado alega que com modelo atual, empresas acabam arcando com diversos encargos - incluindo eventuais processos trabalhistas -, que gera um receio de contratar e prejudica a criação de postos de trabalho. Com a alteração na lei aprovada, existe um oração do setor de que, com secção das responsabilidades compartilhadas com uma terceirizada - caberá a ela arcar com encargos trabalhistas -, haveria um aumento no número de vagas no mercado e um incremento no emprego. Esse tema é altercar por centrais sindicais e especialistas, já que nada garante que haverá um aumento de contratações.

Muitas entidades do seção logístico acreditam que a Lei da Terceirização era uma premência antiga. Deste modo com sua aprovação, estimula-se a competitividade entre empresas e contribui-se para a redução de custos da cadeia produtiva. Além de tornar legítimo questões contratuais e trabalhistas, de antemão vistas como empecilhos jurídicos.

Aliás, sejamos sinceros, se bem esta segunda empresa busque um lucro de $ 20 ( que fará com que seu custo de contratação pela primeira empresa seja igual ao dispêndio de produção desta primeira empresa), sem embargo valerá a pena para a primeira empresa terceirizar: no mínimo, ela terá menos dor de moleira com ameaças de processos trabalhistas de empregados de suas fábricas de víveres.

novo modelo desenvolvido pela reforma trabalhista se assemelha ao estilo de trabalho do profissional freelancer, onde funcionário cobija um contrato por projetos pontuais. Aqui, trabalhador para à predisposição do empregador aguardando um chamado para serviço, podendo aceitar ou não prestar serviço caso chamado.

Há muitas vários anos, diversos empresas utilizam a terceirização como utensílio de produção. Aí reside, em grande medida, a complexidade da indústria pátrio, atrasada e subdesenvolvida, em assimilar essa lógica complexa de produção, utilizando a terceirização apenas como meio para reduzir os custos da força de trabalho em qualquer gênero de de atividade. Tanto assim que um dos setores que mais se terceiriza no Brasil, com fortes resquícios de uma cultura escravocrata, são os serviços gerais de limpeza e manutenção, onde há pouquíssima margem para redução dos custos pelo complemento de novas tecnologias.

A Resenha 331 do TST, ainda em vigor, prevê expressamente a possibilidade da terceirização apenas de atividades-meio da empresa tomadora, como serviços de vigilância, de manutenção, limpeza, então consideradas aquelas acessórias à atividade principal.

A lei também prevê que trabalhador terceirizado terá mesmo aproximação às instalações da empresa em que trabalham que os funcionários contratados pela companhia. Empresa terceirizada será encarregado por contratar, remunerar e encaminhar os equipe. Suas ganhos: Mais evidente é foco que a empresa contratante deve ter na sua atividade principal.

A escolaridade entre os trabalhadores terceirizados deve aumentar. Dizem que os trabalhadores terceirizados recebem menos porque possuem menor escolaridade. Na verdade, os terceiros possuem uma escolaridade menor, mas não é um hiato gigante: 61,1% dos trabalhadores em setores tipicamente terceirizados possuem ensino médio ou treinamento superior, enquanto entre os equipe dos setores tipicamente contratantes esse percentual é de 75,7%. Com a expansão da terceirização para todas e cada uma das atividades das empresas, trabalhadores com maior escolaridade devem criar tela dos novos setores terceirizados das atividades-término das empresas.

Note-se que a aumento da terceirização é uma tendência universal, como ocorreu com as reformas trabalhistas na França, Inglaterra e Portugal. Proeminência-se que isto não necessariamente implica em menores garantias aos equipe terceirizados, porque a empresa em que empregador presta serviços tem responsabilidade solidária com a empresa que emprega.

A principal vantagem de uma empresa terceirizar seus serviços, e até mesmo número reduzido de de seus departamentos, é a de não ter a urgência que se especializar em atividades que não são de sua cultura. A terceirização corresponde à transferência de um determinado serviço à outra empresa. No Brasil, há uma proposta de promover esse processo para todas e cada uma das atividades.