A Outra História da Guerra às Drogas: Contribuições da Oitava Tese de Walter Benjamin

Clécio Lemos

Resumo


O artigo resgata as contribuições de Walter Benjamin sobre o conceito de História para encontrar uma nova chave hermenêutica que possibilite ver a guerra às drogas a partir da perspectiva dos oprimidos. Demonstra os discursos oficiais em torno da legitimação da criminalização das drogas calcados na ideia de segurança pública e defesa social, ao invés do foco na saúde pública. Convoca novas leituras do fenômeno para apresentar a política criminal de drogas como uma continuidade do Estado de Exceção, possibilitando encontrar novas propostas políticas de superação deste paradigma. O artigo encaminha, por fim, a compreensão do fenômeno como uma guerra que não pretende ter fim, e que se sustenta justamente por seus efeitos não declarados de controle social.

Palavras-chave


Guerra às drogas; Estado de Exceção; Walter Benjamin

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.15175/1984-2503-20157307

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

Apoio:

 
 
 
 Indexadores:

 
 
Facebook: