O crime de barregania no reinado de D. João II: O caso de Jsabell Aluarez

Denise da Silva Menezes do Nascimento, Ana Clara Atanazio Cunha

Resumo


O presente trabalho pretende analisar o crime de barregania a partir das cartas de perdão no contexto português do século XV, mais precisamente durante o reinado de D. João II. A partir do detalhamento do caso de Jsabell Aluarez, acusada de ser manceba, é possível reconstituir a narrativa elaborada pela suplicante para moldar um relato convincente e verossímil a fim de obter o perdão régio. Buscamos também abrir uma janela para o entendimento de questões como: a composição da narrativa feminina no intuito de se colocar da melhor maneira possível perante o rei; as estratégias envolvidas no ato misericordioso do monarca, bem como repensar os espaços de manobra em relação as possibilidades econômicas das mulheres no Medievo.


Palavras-chave


condição feminina; criminalidade em Portugal medieval; poder régio

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.15175/1984-2503-202012104

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


URL da licença: http://creativecommons.org/licenses/by/4.0/

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Apoio:



 

 
 
 Indexadores:



 
 
Facebook: