A busca pela identidade transnacional no pensamento de António Sardinha e Gilberto Freyre

Felipe Cazetta, Laurindo Mekie Pereira

Resumo


O presente artigo tem por objetivo apresentar análises sobre as relações de continuidade e tensões existentes entre o hispanismo dos intelectuais ibéricos, com ênfase ao mentor do Integralismo Lusitano António Sardinha, e o lusotropicalismo de Gilberto Freyre. Deste modo, apresenta-se os diferentes projetos sustentados por portugueses (integralistas lusitanos e, posteriormente, do salazarismo) e Gilberto Freyre a partir das propostas de uma aliança ibero-americana e, além disso, a criação de uma narrativa de continuidade e herança civilizacional gerada pelos países ibéricos e perpetuada pelos latino-americanos, em destaque em nossas análises ao Brasil.


Palavras-chave


hispanismo; lusotropicalismo; transnacionalidade; salazarismo

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.15175/1984-2503-202012105

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


URL da licença: http://creativecommons.org/licenses/by/4.0/

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Apoio:



 

 
 
 Indexadores:



 
 
Facebook: