A construção do ideário contemporâneo da liberdade

Marcos Antunes Kopstein, Diego Carlos Zanella

Resumo


A liberdade é um dos anseios ensejados pelos seres humanos, e seu conceito foi sendo construído no decorrer da história, tanto política quanto socialmente. A ideia contemporânea de liberdade individual baseada em regramentos legais e direitos básicos a todas as pessoas se desenvolveu através de uma série de pensamentos filosóficos e de movimentos políticos, econômicos e culturais que ensejaram tal concepção da liberdade embasada na autodeterminação dos indivíduos. Sendo assim, investigam-se as ideias influenciadoras dessa construção através dos pensamentos de quatro filósofos da modernidade: Thomas Hobbes, John Locke, Jean Jacques Rousseau e Immanuel Kant. Para mais, por intermédio e influência dos referidos pensadores, dois grandes movimentos surgem e brindam as bases definidoras do hodierno entendimento do que é a liberdade. Tais movimentos, o liberalismo e o romantismo, também são explorados neste ensaio. Assim, intui-se predispor como se deu a idealização do que se entende por liberdade na sociedade ocidental nesta contemporaneidade que busca acima de tudo assegurar as garantias individuais a todas as pessoas e a respeitabilidade aos direitos humanos básicos.


Palavras-chave


liberdade; ideário; contemporaneidade

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.15175/1984-2503-201911307

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


URL da licença: http://creativecommons.org/licenses/by/4.0/

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Apoio:



 

 
 
 Indexadores:



 
 
Facebook: