Cursos jurídicos e disputas políticas em Juiz de Fora na República Velha

Pedro Henrique Oliveira Cuco, Vanessa Ferreira Lopes

Resumo


Este artigo tem por objetivo contextualizar, de forma exploratória, o ensino jurídico em Juiz de Fora (MG) na década de 1910. Busca-se responder quais as possíveis causas que levaram ao fim dos dois cursos de Direito nessa cidade, em 1915. Acredita-se que a Reforma Carlos Maximiliano, questões internas e disputas religiosas, educacionais e de poder teriam sido, em conjunto, as principais causas desse fato. A partir de revisão da literatura e do acesso a parte de documentos da época, optou-se pelo método indiciário, tentando reconstruir o cenário em que viviam a Escola de Direito do Granbery e a Faculdade de Direito de Juiz de Fora.


Palavras-chave


Faculdade de Direito de Juiz de Fora; Escola de Direito do Granbery; Reforma Carlos Maximiliano; ensino jurídico

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.15175/1984-2503-201911206

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


URL da licença: http://creativecommons.org/licenses/by/4.0/

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Apoio:



 

 
 
 Indexadores:



 
 
Facebook: