O discurso dos direitos humanos entre crises e crítica: algumas possibilidades de resgate de sentido

Tássia Aparecida Gervasoni, Felipe da Veiga Dias

Resumo


Existe um significativo distanciamento entre o discurso dos direitos humanos e a sua prática, o que contribui para a sua inefetividade. Apesar de preocupante, esse contexto diz respeito mais a um ângulo equivocado de visão do que um desvirtuamento real. Nesse sentido, visando reajustar esses ângulos, o presente trabalho contrasta os direitos humanos enquanto discurso e os direitos humanos enquanto ação, sugerindo uma perspectiva crítica e apontando algumas possibilidades de resgate de sentido. Como método de abordagem, adota-se a fenomenologia-hermenêutica, aliada aos métodos de procedimento histórico e monográfico e à técnica de pesquisa de documentação indireta. Dentre os resultados destaca-se que alternativas de resgate de sentido dos direitos humanos dependem do próprio reconhecimento das insuficiências estatais, teóricas e concretas, seguindo-se de um fortalecimento de vínculos e movimentos sociais em favor de discurso e prática verdadeiramente emancipatórios.


Palavras-chave


direitos humanos; crise; perspectiva crítica; Estado

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.15175/1984-2503-201810201

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.



 


 
 
 
 Indexadores:

 
 
Facebook: