“Por meio de sua arma que é o voto”: poder local e eleitorado (1947-1959)

Douglas Souza Angeli

Resumo


O artigo apresenta resultados e conclusões de pesquisa sobre a mobilização eleitoral em Canoas/RS entre 1947 e 1959. Canoas é um município da região metropolitana de Porto Alegre, emancipado em 1939, que realizou suas primeiras eleições somente após o Estado Novo, e que registrou, nas décadas de 1940 e 1950, um expressivo crescimento populacional, motivado pela migração de trabalhadores do campo para a cidade, fazendo surgir novos bairros – habitados basicamente por famílias de operários. As eleições municipais deste período fazem parte do contexto de incorporação dos trabalhadores urbanos ao cenário eleitoral, de ampliação do corpo eleitoral e de consolidação da experiência democrática brasileira – iniciada em 1945. Necessitando construir uma imagem prestigiosa, partidos e candidatos encontraram um possível canal de comunicação com os eleitores na imprensa local – contando com jornalistas, editores, articulistas e comentaristas mais ou menos identificados com os diferentes grupos políticos. As notícias, os artigos e os anúncios publicados na imprensa foram analisados e compreendidos não apenas como estratégias de conquista do voto, mas também como práticas que suscitam no eleitor um interesse pela competição eleitoral e estabelecem uma relação entre o voto e a vida cotidiana.

Palavras-chave


mobilização eleitoral; experiência democrática; construção do eleitor; voto; demandas locais

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.15175/1984-2503-20179305

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

Apoio:

 
 
 
 Indexadores:

 
 
Facebook: