Cidadania e direitos políticos durante os primeiros anos da Revolução Francesa (1788-1790)

Eduardo Baker

Resumo


O artigo trata da relação entre cidadania, direitos políticos e democracia nos primeiros anos da Revolução Francesa, partindo do contexto em torno da convocação dos Estado Gerais em 8 de agosto de 1789 por Luís XVI e a regulamentação do voto entre os anos de 1788 e 1790. Considerando o estudo de Rosanvallon sobre a história do sufrágio da França, em Le Sacré du Citoyen, analisa-se a transição do chamado Antigo Regime para o momento revolucionário e de que maneira as questões presentes no cenário francês daquele momento podem nos ajudar a refletir sobre as problemáticas de democracia contemporânea, especialmente em torno das ideias de cidadania e igualdade, conforme pensador por Balibar e Rancière.

Palavras-chave


Revolução Francesa; direitos políticos; cidadania; história política

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.15175/1984-2503-20179205

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

Apoio:

 
 
 
 Indexadores:

 
 
Facebook: